Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alexandra Neto

Qua | 13.11.13

OPINIÃO | A Mulher Real

Há uns dias atrás, em conversa com uma amiga, discutíamos blogs de moda.

Eu amo blogs de moda: amo a partilha, ler opiniões sobre produtos/peças, descobrir novas combinações, ... Já aprendi tantas coisas em blogs (incluindo o meu próprio blog), que se torna difícil passar "para o papel" a dimensão de tudo isto. E, claro, não sou a única a achar isto: ou não fossem os blogs de moda um verdadeiro fenómeno de popularidade.



Mas tudo tem um reverso, e neste caso não é diferente: a popularidade, a perde de identidade, a falta de rumo e de sinceridade, e até de originalidade. Diria mais: a FALTA DE PAIXÃO e até de noção. Por norma, blogs são (devem ser?) algo de pessoal, algo que aproxima quem escreve de quem lê (sem "aquela distância" clássica do jornalismo, de um profissional), e são diferentes de sites. Quando a proximidade voa, e a confiança se vai, o blog perde o sentido.

Ainda ontem dizia sobre isso: o que mais me afasta de um blog de "estilo próprio" é não ver peças repetidas, é não ver peças de estações passadas, é não ver coerência. Ok, os blogs também servem para inspirar, e é normal que hajam parcerias, que se procurem conteúdos originais, mas... E a personalidade? A proximidade? Onde andam as mulheres reais?



Daqui como sabem, só podem mesmo esperar uma mulher real, nem nunca o meu blog poderia passar outra imagem. Uso aparelho nos dentes, tenho peso a mais, passo a vida a tropeçar nas coisas, tenho rugas, não sei tudo sobre a vida, há dias que me sinto mesmo infeliz e em baixo, tenho TPM com fartura, .... É normal que não venha para aqui  escrever sobre tudo isso (porque esse nem é o âmbito do blog), mas fico mesmo feliz com o feedback excelente que tenho dos meus leitores nesse sentido, de sentirem proximidade do que escrevo, de se identificarem com as minhas dúvidas, com os meus desejos, ... É muito bom sentir que "chego até aí".

Felizmente considero Portugal um bom exemplo de bloggers-reais (e muitas bastante populares e profissionais ao mesmo tempo, vejam-se as Style It Up), e isso deixa-me orgulhosa (até porque já cansa ler tanto escárnio sobre a blogosfera portuguesa).

47 comentários

Comentar post

Pág. 1/5